"Se as várias estimativas que temos recebido se concretizarem, em 40 anos ficaremos sem peixe"

- Pavan Sukhdev, economista e consultor da ONU, sobre o eventual esgotamento dos recursos piscícolas a nível mundial, em 2050 (In Visão 20/26 Maio 2010)

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Protesto dos pescadores lúdicos em Sagres

3 comentários:

jose custodio disse...

Boas amigo!!

É muito mau quando alguem é impedido de fazer o que mais gosta sem estar a prejudicar ninguem!!
Enfim é o que dá ter uns «pseudo legisladores» que não percebem nada da coisa e possivelmente a unica opinião que tiveram em conta foi a dos pescadores profisionais que quanto menos concorrençia dos pescadores ludicos tiverem mais contentes ficam!!

Um grande abraço para voçes e temos que nos deçidir onde vamos ás trutas!!

José Gomes Torres disse...

Pseudo-legisladores...???
Incompetentes diplomados!!!! Dificil é gerir, não é proibir...
As trutas que se cuidem, já falta pouco....
Um abraço e até lá amigão!
GT

Jorge Bragança disse...

Estes analfabetos destes legislaores são uns incompetentes e umas bestas quadradas. Esta legislação não tem suporte científico que a sustente. Não foi feita qualquer investigação que sustente o pressuposto de que são os pescadores lúdicos os principais dizimadores das espécies a proteger. Pensar que a pesca lúdica retira maior quantidade de pescado do mar que a profissional / industrial é um idiotice de 1ª água. Isto mais não é que o governo a virar as costas e a baixar-se a mais um lobby, o da pesca profissional, ao fim e ao cabo os principais causadores da escassez de peixe. Ou alguém acredita nesta balela governamental?????? Os pescadores lúdicos pagam licenças e nada.

Há um sem número de medidas muito mais eficazes que estas: limitar o número de capturas (é claro que passaria a ser preciso investir algum do dinheiro das licenças em fiscalização); arranjar mecanismos de separação efectiva dos pescadores lúdicos dos profissionais, para evitar concorrências desleais. É bom não esquecer que há pescadores lúdicos a vender peixe a restaurantes e mesmo a alguns negociantes de pescado. Enfim, olhar à legislação de outros países, etc, etc, etc.

O que faria um qualquer governo de gente competente, bem informada ou séria...

Abaixo incompetentes.

Pescadores lúdicos, lembrem-se bem disto quando forem depositar os vossos votozinhos nas urnas.

ESSE È MAIOR PROTESTO DE TODOS!!!!