"Se as várias estimativas que temos recebido se concretizarem, em 40 anos ficaremos sem peixe"

- Pavan Sukhdev, economista e consultor da ONU, sobre o eventual esgotamento dos recursos piscícolas a nível mundial, em 2050 (In Visão 20/26 Maio 2010)

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Barragem de Alvito avança


A EDP, única concorrente, venceu o concurso de construção da barragem do Alvito. Devido à alteração do local da construção do paredão, o projecto apresentava-se um investimento potencialmente pouco interessante e com retorno a longo prazo, temendo-se até a ausência de propostas para a sua concretização. Fica de fora a ribeira do Alvito devido a esta alteração.

A empresa irá investir 268 milhões de euros, para uma potência de 136 MW, bastante superior aos 48 MW inicialmente previstos. A central terá capacidade de bombagem de água para montante, durante o período nocturno através da albufeira da Pracana, operada também pela EDP.
O espelho de água terá 22 quilómetros de comprimento, armazenará 209 milhões de metros cúbicos de água e irá inundar uma área de 789 hectares, prevendo-se o início dos trabalhos para 2010 e o primeiro enchimento em 2016.


A adjudicação está sujeita à confirmação pelo INAG da conformidade da proposta e dependente das autorizações ambientais, que na eventualidade de não serem obtidas, implicam a devolução parcial do montante da oferta apresentada.


Post´s relacionados: Parece que é desta, Alvito, novamente na corda bamba

1 comentário:

decolando disse...

Olá José,
Há algum tempo leio seu blog.
Sou praticante de pesca com mosca, por aí chamada de pesca à pluma. Mas sou admirador de todo tipo de pesca, acima de tudo respeitando a natureza.
Por isso gosto muito do teu site.
Um abraço, Junior